Regionalização do Continente Africano

Sumário

Nesta publicação vamos falar um pouco da regionalização do continente africano. O Continente Africano é banhado ao norte pelo Mar Mediterrâneo, a leste pelo Mar Vermelho e Oceano Índico e oeste pelo Oceano Atlântico. É ligada à Ásia na extremidade norte pelo istmo de Suez. O continente africano é constituído de 54 países independentes, dividido em cinco regiões: África Setentrional, África Ocidental, África Central, África Meridional e África Oriental.

mapa de regionalização continente africano regiões naturais geográfico
Regionalização da África critério geográfico

África Setentrional

A África Setentrional é uma região intensamente urbanizada, com cidades concentradas próximo ao mar Mediterrâneo, onde o relevo e o clima mais ameno favorecem a ocupação e a agricultura.

África Ocidental

Região que apresenta diferentes formações vegetais: do litoral, no folgo da Guiné, em direção ao norte, é possível cruzar Florestas Tropicais, Savanas e Estepes até chegar ao deserto, no norte do Níger, do Mali e da Mauritânia. Os países dessa região são exportadores de produtos agrícolas, minerais e energéticos, principalmente de petróleo. Devido à fraca industrialização, esses países precisam importar produtos manufaturados, o que resulta em economias bastante dependentes.

África Central

Localizada nas proximidades da linha do Equador, essa região apresenta Florestas Equatoriais e Tropicais de elevada biodiversidade, além de Savanas, Estepes e desertos. Esses países são exportadores de cobre, diamantes, petróleo e madeira vêm recebendo grandes investimentos estrangeiros.

África Oriental

A África Oriental abriga diferentes vegetações, como Florestas Tropicais, Savanas e Estepes. Voltada para o oceano Índico, essa região tem a economia dirigida para a agricultura. Nas últimas décadas, guerras civis, surtos de fome e conflitos étnicos e religiosos vitimaram milhões de pessoas em Uganda, Ruanda, Burundi, Somália e Etiópia.

África Meridional

Os territórios localizados ao sul do continente formam a África Meridional. Observa-se nessa região a presença de savanas nas porções central e norte, desertos, na porção sudoeste e vegetação mediterrânea no extremo sul. A África Meridional apresenta muitas reservas minerais (sobretudo de ouro), o que levou a ser intensamente disputada pelas potências europeias desde o final do século XIX. Atualmente, são as empresas mineradoras transnacionais que exploram esses recursos. Com exceção da África do Sul, que é a economia mais diversificada do continente, os demais países exportam produtos primários (principalmente recursos minerais).

Entenda a África na ótica étnico-cultural

Além do critério de localização dos países, é possível regionalizar o continente africano a partir de suas características étnicas, históricas e culturais. Assim, os países africanos podem ser agrupados em duas grandes regiões: Norte da África e África Subsaariana.

mapa de regionalização continente africano regiões étnico historico-culturais socioeconômicas
Regionalização da África critério Histórico-Cultural Socioeconômico

África Subsaariana

A África Subsaariana é uma região do continente africano que se localiza ao sul do deserto do Saara. É formada por 47 países, que apresentam grande diversidade étnica, cultural e linguística. A região é considerada uma das mais pobres do mundo, com altos índices de pobreza, fome, doenças e conflitos armados.

A economia da África Subsaariana é baseada no extrativismo de recursos naturais, como petróleo, minerais e madeira, e na agricultura de subsistência. A região também possui uma rica biodiversidade e patrimônios históricos e culturais, como as pinturas rupestres do Saara e as civilizações antigas do Nilo.

Essa região era antigamente chamada por europeus e árabes como “África Negra”, em razão da predominância de povos de pele mais escura.

Norte da África

O Norte da África é uma região do continente africano que compreende sete países: Argélia, Egito, Líbia, Marrocos, Sudão, Sudão do Sul e Tunísia.

Além desses países, a ONU também inclui o Saara Ocidental como parte do Norte da África. A região é marcada pela presença do deserto do Saara, o segundo maior do mundo, que ocupa grande parte do território. O clima predominante é o árido, com exceção das áreas litorâneas, onde há influência do mar Mediterrâneo.

A religião predominante é o islamismo e os idiomas mais falados são o árabe, o berbere e o francês. A economia do Norte da África é baseada na agricultura, na pecuária, no turismo e na exploração de petróleo. O país mais rico e mais populoso da região é o Egito, que também possui uma das civilizações mais antigas e influentes da história.

Habilidades BNCC

(EF09GE15) Comparar e classificar diferentes regiões do mundo com base em informações populacionais, econômicas e socioambientais representadas em mapas temáticos e com diferentes projeções cartográficas.

Referências

Araribá Mais Geografia. Dellore, Cesar Brumini. 1. ed. – São Paulo: Moderna, 2018.

Cruzadinha Oriente Médio

Comentários

2 respostas para “Regionalização do Continente Africano”

  1. Avatar de Patrícia de Almeida F Leite

    Parabéns por informarem a referência! Sou da área de Letras e visitei este site para ajudar meu filho com o trabalho de Geografia. Posso deixar uma sugestão? Talvez seja interessante mesclar os mapas que vocês anexaram com o mapa político.

    1. Avatar de renan.geographia

      Olá Patrícia!
      Obrigado pelo feedback.

      O mapa político do continente africano (sem nome dos países) está disponível na postagem abaixo:
      https://geographia.com.br/quadro-fisico-do-continente-africano/

      Temos outras variações dos mapas dos continentes, ainda vou postar no nosso site quando tivermos disponibilidade.

      Grato,
      Prof. Renan

Deixe um comentário