Trilogia Pátria Educadora

Trilogia Pátria Educadora

Sumário

A série “Pátria Educadora” é uma trilogia da produtora Brasil Paralelo que promove uma verdadeira investigação dos problemas da educação brasileira. 📽️🎬📺

Veja os episódios previstos na série e também suas temáticas:

  • O Fim da História;
  • Pelas Barbas do Profeta;
  • Guerra Contra a Inteligência.
#brasilparalelo

Nesta jornada pela educação, trazemos conceitos, análises e denúncias sobre as diferentes ideologias e personagens que pensaram o sistema de ensino brasileiro.

Direção: Filipe Valerim, Lucas Ferrugem

Ano de produção: Março de 2020

O Fim da História

#patrieducadora

Capítulo 1: Para entender o que de fato é educação e o que está acontecendo com ela no Brasil, assista ao primeiro episódio de “Pátria Educadora”. O sistema educacional não está mais vinculado ao aprendizado como os gregos o entendiam. O método que prevalece no Brasil é o de Paulo Freire e a reclamação que mais se ouve é que falta investimento no sistema de ensino.

Artigo completo sobre “O Significado de Pátria Educadora”

Pelas Barbas do Profeta

#patrieducadora

Capítulo 2: Tendo contato com grandes nomes da esquerda revolucionária e com as consequências de Maio de 68, tem início a educação de esquerda, voltada para a crítica. Neste episódio de “Pátria Educadora”, é esclarecido também como o projeto pedagógico de Paulo Freire se relaciona a Revolução Cultural Chinesa e como ele participou da fundação do Partido dos trabalhadores (PT).

Artigo completo sobre “O Significado de Pátria Educadora”

Guerra Contra a Inteligência

#patrieducadora

Capítulo 3: Neste último episódio da trilogia “Pátria Educadora”, consuma-se a denúncia à crise no sistema educacional brasileiro. Tendo visto o resumo da história da educação no Brasil e no mundo, passa-se aos problemas gerados pela pedagogia crítica de Paulo Freire. Assista a este episódio para entender a relação da regulação do ensino com a sua decadência no caso brasileiro. Entenda o papel da CAPES, do CNPQ, FIES, Base Nacional Comum Curricular, Conselho Nacional de Educação, FNDE, MEC e tantos outros aparelhos estatais envolvidos com o ensino. Assista a este episódio e perceba como as escolas e universidades brasileiras tornaram-se palco político, repletas de conteúdo politicamente engajado, partidário.

Artigo completo sobre “O Significado de Pátria Educadora”

Bastidores da Produção

Para entender a situação atual do ensino no país, é preciso voltar no tempo e descobrir o que é educação, onde ela começa de forma institucional e como a educação se tornou compulsória.

Hoje, nota-se doutrinação marxista em sala de aula, professores militantes, drogas nas escolas e universidades e pouco aprendizado real. O Brasil possui um dos piores níveis de aprendizado na educação básica.

#brasilparalelo


Artigo completo sobre “O Significado de Pátria Educadora”

Com os primeiros filósofos, na Grécia, tinha-se uma educação que significa a jornada da vida interior para descobrir a realidade ao redor.

Para eles, educar-se é herdar o conhecimento da humanidade e levá-lo adiante. É fundamental que a educação ensine a verdade, conduza à verdade e ensine a pesquisar a verdade. Essa é a educação liberal, visando a liberdade humana.

Mas existem também outras correntes, como a educação que se vê na Renascença, o humanismo, a escola positivista, o cientificismo, as influências de Hegel e Marx e a influência da revolução industrial inglesa na educação.

Não se usa mais o trivium e o quadrivium, sistema de ensino que formou a civilização ocidental por mais de um milênio.


Três vertentes educacionais podem ser vistas na história do país:

A educação católica, que estava com o ensino religioso restringido desde o fim da monarquia, mas que volta no governo de Getúlio Vargas;

A educação comunista com doutrina marxista;

A Pedagogia da Escola Nova, pública, gratuita e laica, com o dever de preparar o aluno para o mercado de trabalho – uma herança do pragmatismo.

Muitas formas de educar defendiam o papel do Estado na educação Brasileira e consideravam o método mais importante que o conteúdo. No governo de Getúlio Vargas, que precisava do apoio da população católica, Gustavo Capanema foi escolhido para Ministro da Educação, estando entre os mais longevos da história. Foi ele que convidou nomes como Carlos Drummond de Andrade e Graciliano Ramos para participar dos projetos educacionais.

Ao longo da história do Brasil, o nome que mais se destacou, porém, foi o de Paulo Freire e este episódio de Pátria Educadora conta a sua história de vida, indo do nascimento à morte e abordando os desdobramentos de sua pedagogia do oprimido.

O desenvolvimento pedagógico freireano via o aluno como um alienado. Pregava a politização da educação. Freire queria a alfabetização sendo feita a partir de palavras do contexto da vida dos alunos, palavras geradoras. A partir delas, atingir-se-ia um nível de consciência social, consciência de classe.

O aluno oprimido deveria se libertar do processo de alfabetização alienante passado até então.

No método de Paulo Freire, o ensino é uma transferência de saber do professor para o aluno, mas uma conscientização anticapitalista e a favor da revolução. Seu livro Pedagogia do Oprimido é praticamente um manual do guerrilheiro educador.

O desenvolvimento dessa história se dá em Angicos, onde Paulo Freire rapidamente conseguia alfabetizar adultos com o seu método. Seu plano de alfabetização foi um sucesso, e se expandiu com os cargos que Freire tinha no Conselho Mundial de Igrejas e na UNESCO.

Seguindo o modelo descrito no livro Pedagogia do Oprimido, a educação brasileira encontra-se nos últimos lugares nos rankings de ensino do mundo.


O direito à educação não garantiu ao aluno brasileiro um bom desenvolvimento intelectual. As taxas de analfabetismo são altas e tudo piora considerando o analfabetismo funcional.

Entenda o que justifica resultados tão ruins entre os alunos brasileiros, mesmo havendo altos investimentos em educação.

Desde o governo do PT, a educação de ensino superior passou a receber a maior parte do investimento. Mestrados e doutorados foram triplicados, mas a quantidade não seguiu a qualidade. Há muitas teses ideológicas sendo publicadas com dinheiro público.


Comparando o Brasil com a América Latina, o país também ocupa os últimos lugares. As notas de pedagogia estão entre as mais baixas e muitos professores são mal formados.

Países que investem menos que o Brasil tem conseguido resultados melhores, principalmente os que priorizam a educação básica.

Países que investem menos que o Brasil tem conseguido resultados melhores, principalmente os que priorizam a educação básica. A construção do conhecimento deu lugar à crítica.


Há também o problema do currículo obrigatório em todas as escolas, estabelecendo o mínimo a ser ensinado, mas baseado em um método fracassado e proibido em diversos países, o método Global e o de letramento.

Antagonicamente, o que mais se mostrou eficaz no ensino de crianças foi o método fônico, também explicado neste episódio de Pátria Educadora.

Não perca este trilogia… Gostou dos filmes?

Deixe nos comentários o que acharam dos documentários!

História e Modernização da China

História e Modernização da Rússia

Formação Territorial dos Estados Unidos da América

Filme Eles Estão no Meio de Nós


Publicado

em

por

Comentários

Deixe um comentário