A Nova Ordem Mundial, Globalização e Mundialização

Para entendermos conceitos chave como “Nova Ordem Mundial” ou “Mundialização”, precisamos distinguir estes termos com aqueles que se referem em teorias conspiratórias, por exemplo. No caso em questão, vamos estudar a nova configuração do mundo que substitui o extinto mundo bipolar da Guerra Fria, iniciado no anos de 1990.

O fim da Guerra Fria, no início da década de 1990, marcou o começo que chamamos de Nova Ordem Mundial, em que fluxos de mercadorias, serviços e capitais tornaram-se ainda mais intensos coma a integração dos países que eram socialistas ao mercado internacional.

A globalização atual, ao mesmo tempo que permite certa interação cultural pode também gerar uma padronização de hábitos de consumo, como por exemplo a ingestão de bebidas de marcas semelhantes, alimentação em redes de fast-food, assistir mesmos filmes e programas de televisão, aplicativos de computador ou até mesmo modo de vestir-se e comportar-se socialmente. O mundo nunca se viu tão próximo e parecido, até mesmo por uma percepção das próprias redes sociais na internet.

No vídeo animado abaixo, vemos as tendências que eram previstas para o mundo digital no ano de 2018, tendo em vista um contexto de mundo globalizado.

Globalização: Processo de aprofundamento da integração econômica, social e cultural e da comunicação entre países.

Nova Ordem Mundial

No início dos anos 1990, o mundo passou a se configurar de acordo com a chamada Nova Ordem Mundial, que substituiria o extinto mundo bipolar da Guerra Fria. Nesse novo contexto político, os Estado Unidos surgiram como grande potência econômica e militar. Outros países mantiveram importância no cenário mundial (Alemanha e Japão, por exemplo), mas sem condições de contrapor a influência dos Estados Unidos nas decisões de organizações internacionais. Esse fator também contribuiu para a difusão do modo de vida estadunidense, sobretudo por intermédio do cinema, influenciando padrões de conduta em todo o mundo.

Globalização e Mundialização

A partir da segunda metade do século XX, as grandes empresas industriais, comerciais e de prestação de serviços (bancos, hotéis, redes de restaurantes e companhias de telecomunicações, por exemplo) começaram a instalar filiais em vários países, processo conhecido como mundialização ou internacionalização do capital e da produção.

Com a globalização e a expansão do capitalismo temos a chamada economia global, com a tecnologia como propulsora. Assim, percebemos características como o crescimento internacional, a rápida expansão dos fluxos e o aumento da relação entre os países.

O termo mundialização vem sendo empregado na denominação da atual fase de internacionalização do capital. Algumas leituras consideram globalização e mundialização como sinônimos, enquanto outras utilizam o termo mundialização para denominar o processo de fusão do capital distribuído entre os diferentes países, por meio da atuação das empresas transnacionais. Em outras leituras, enfim, a globalização é considerada como a atual fase da mundialização, inserida em um processo histórico mais amplo, iniciado com as Grandes Navegações dos séculos XV e XVI. Tal processo provocou profundas mudanças nas relações sociais e econômicas entre os países.

Projeção com escala e rosa dos ventos suprimidas

Características da economia global

Nas últimas décadas, o fluxo de mercadorias entre os países cresceu vertiginosamente. O valor total das exportações mundiais, que em 1948 era de 59 bilhões de dólares anuais, em 2012 alcançou a marca de 17,3 trilhões de dólares. As importações, que em 1948 somaram 62 bilhões de dólares, em 2012 totalizaram 18,1 trilhões de dólares. Esse comércio ocorre principalmente entre países da América do Norte, da Europa e também alguns da Ásia. O ano de 2016 foi marcado pelo pior resultado das expansões mundiais desde 2009, mas 2017 já apresentou sinais de recuperação.

Abaixo pode ser observada na ilustração, uma demonstração das transformações na produção que caracteriza a economia global atual.

transformações na produção mundial

Globalismo

Todos esses processos que podemos entender a partir desses elementos que envolvem comércio internacional, grandes corporações e transnacionais, em muitos casos acabam resultando em trustes, holdings e cartéis. Tais processos abrem margem para diferentes perspectivas sobre as ações ocorridas por esses personagens e agentes globais, de modo que possam causar impacto na vida de muitas pessoas em todo mundo. Esse conjunto de ideias ressoa como um tabu nos espaços acadêmicos, como algo proibido, ainda que de certo modo hajam fortes evidências e fatos de grandes investidores institucionais detendo fatia significante do mercado mundial, como por exemplo, BlackRock e Vanguard.

Referências

Araribá Mais Geografia. Dellore, Cesar Brumini. 1. ed. – São Paulo: Moderna, 2018.

Habilidades da BNCC contempladas:

(EF09GE02) Analisar a atuação das corporações internacionais e das organizações econômicas mundiais na vida da população em relação ao consumo, à cultura e à mobilidade.

(EF09GE04) Relacionar diferenças de paisagens aos modos de viver de diferentes povos na Europa, Ásia e Oceania, valorizando identidades e interculturalidades regionais.

(EF09GE05) Analisar fatos e situações para compreender a integração mundial (econômica, política e cultural), comparando as diferentes interpretações: globalização e mundialização.

(EF09GE06) Associar o critério de divisão do mundo em Ocidente e Oriente com o Sistema Colonial implantado pelas potências europeias.

(EF09GE10) Analisar os impactos do processo de industrialização na produção e circulação de produtos e culturas na Europa, na Ásia e na Oceania.

(EF09GE11) Relacionar as mudanças técnicas e científicas decorrentes do processo de industrialização com as transformações no trabalho em diferentes regiões do mundo e suas consequências no Brasil.

(EF09GE12) Relacionar o processo de urbanização às transformações da produção agropecuária, à expansão do desemprego estrutural e ao papel crescente do capital financeiro em diferentes países, com destaque para o Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.