Entenda mais sobre a Ucrânia

A Ucrânia é um país europeu localizado no leste do continente. É o segundo maior país da Europa com 603.500 km² de extensão, ficando apenas atrás da Rússia.

O território se limita com outros sete países:

Ao sul o país é banhado pelos mares Negro e de Azov. Nessa região fica a península da Crimeia, uma província semiautônoma da Ucrânia que foi anexada ao território russo em 2014, sendo assim o principal motivo de tensões geopolíticas entre os dois países.

Sua capital é Kiev e a maioria da população é formada por ucranianos. Os russos são o segundo maior grupo populacional. Também existem pequenos grupos de moldávios, tártaros e bielorrussos. O principal idioma é o ucraniano.

Economia

A Ucrânia é uma das principais economias do Leste Europeu. A indústria e a mineração são importantes para a economia da Ucrânia. As fábricas produzem ferro, aço, locomotivas, tratores, produtos químicos e outros bens. As minas fornecem manganês, carvão, minério de ferro, sal, enxofre e outros minerais. A Ucrânia tem ainda reservas de gás natural e petróleo.

A agricultura também é importante para a economia. Os ucranianos cultivam batata, beterraba, cevada, milho, centeio, aveia. A Ucrânia é um dos maiores produtores de trigo.

História

O primeiro grande Estado eslavo oriental se constituiu no território que hoje é a Ucrânia, o que se deu por volta do século IX da era comum. Ele é conhecido como Kievan Rus, e, nos séculos que se seguiram, tornou-se um dos maiores e mais poderosos Estados do continente europeu, sendo um centro tanto político quanto cultural.

Foi esse grande Estado medieval que deu origem à Ucrânia e à Rússia – cuja capital atual, Moscou, surgiu no século XII.

É por causa desse passado compartilhado que o presidente russo, Vladimir Putin, afirma que “russos e ucranianos são um povo, um único todo“.

Mapa de Girolamo Ruscelli mostra Rússia e Ucrânia em 1574

O enfraquecimento desse território teve início com as invasões estrangeiras, mais precisamente com o avanço do Império Mongol no século XIII, quando o território se dividiu.

Gengis Khan foi o líder político-militar responsável pela formação do Império Mongol.

No final do século 14, o território acabou dividido entre o Grão- Principado de Moscou e o Grão-Ducado da Lituânia (que mais tarde se juntou à Polônia), que se aproveitaram do declínio do poder mongol para avançarem sobre a região.

Kiev e as áreas adjacentes ficaram sob o domínio da Comunidade Polaco- Lituana – o que deixou a região oeste da Ucrânia mais exposta a influências ocidentais nos séculos seguintes.

Mas a Ucrânia volta a fazer parte União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) e em 1920, tem seu território controlado pelos comunistas que usavam o fato de o solo ucraniano ser muito fértil.

A história ucraniana na década de 1930 ficou marcada pelo Holomodor, palavra ucraniana que designa “a morte pela fome”. Essa palavra foi usada para o genocídio que ocorreu na Ucrânia entre 1931 e 1933, quando milhões de ucranianos morreram por inanição empreendido pelo comunismo soviético, que era liderado por Stalin – político soviético, o líder da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, entre os anos de 1924 e 1953. Implantou o regime socialista, mais tarde batizado de Stalinismo.

A partir de 1929, deu-se início a uma ferrenha estipulação de metas de produção de cereais, destinados ao poder central soviético, que passaram a ser exigidas dos camponeses da Ucrânia.

A rigidez era tão grande que esses camponeses só conseguiriam atender à demanda se deixassem de consumir sua parte do que era produzido, isto é, só se passassem fome, de fato. Tudo passou a ser de propriedade do governo. Muitas pessoas foram presas e condenadas a trabalhos forçados simplesmente por comerem batatas ou colherem espigas de milho para consumo.

Progressivamente, a morte foi se acentuando na Ucrânia. Entre 1931 e 1933, o número de mortos era tão grande que os cadáveres se espalhavam pelas ruas e pelos campos.

Pouco tempo depois, o país sofreu uma enorme devastação com os eventos decorrentes da Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) a ocupação do exército nazista de origem alemã, ocasionando mais uma vez a morte de milhares de ucranianos.

Ainda no século XX , sob o governo soviético, outro trágico evento teve lugar na Ucrânia: o acidente de Chernobyl. . Um reator da usina nuclear de Chernobyl, localizada no norte do país, explodiu na madrugada do dia 26 de abril de 1986, lançando material radioativo no ar. As correntes carregaram essas partículas para diversas outras localidades, incluindo Belarus, país mais afetado, e Rússia. Milhares de pessoas morreram em decorrência da radiação, e a região onde ocorreu o acidente se encontra inabitável desde então — e assim deve permanecer.

A Ucrânia finalmente se tornou um país independente no ano de 1991 e as disputas geopolíticas na região ocasionaram uma escalada na tensão entre Ucrânia e Rússia.

Isto envolve os Estados Unidos devido ao diálogo entre Ucrânia e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) que tem despertado uma reação negativa da parte russa.

Entenda nesta próxima postagem um pouco mais sobre a guerra entre Ucrânia e Rússia

Fonte: MATERIAIS ADAPTADOS FABI

Autor: Fabiani M. Eggers

Sugestão roteiro pedagógico sobre a Guerra Fria

A Guerra Fria – Roteiro Pedagógico – Portal Geographia

Um comentário em “Entenda mais sobre a Ucrânia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.