Correção Avaliação Diagnóstica MG – Caderno H0908

Abaixo você encontrará o gabarito da avaliação diagnóstica de História e Geografia, 9ºano do Ensino Fundamental, do Estado de Minas Gerais, aplicado durante o ano de 2022.

1 – (H070054I7) Leia o texto abaixo.

Revoluções Inglesas do século XVII

Nos últimos anos do reinado de Carlos I, a Inglaterra assistiu ao desenrolar de uma violenta guerra civil. Em lados opostos estavam os defensores do monarca, grupos em sua maioria anglicanos, e a maioria dos burgueses e dos membros da gentry (pequena nobreza rural), em geral defensores da religião puritana. Ao lado do parlamento, estes opositores do rei foram liderados por Oliver Cromwell na bem- sucedida Revolução Puritana, processo que determinou a queda da monarquia inglesa.

A República de Cromwell foi caracterizada por uma grande centralização do poder nas mãos de seu líder. A Revolução Puritana havia rompido com o monarquismo, mas não necessariamente com o autoritarismo. E foi utilizando-se desse seu poder que Oliver Cromwell estabeleceu os “Atos de Navegação”, um conjunto de medidas que favoreceram amplamente as relações comerciais feitas pela Inglaterra e, consequentemente, sua burguesia. https://bit.ly/2QIiMxg

Com base nesse texto, a República de Crowell representou uma organização política que

A) distanciava o Governo em relação à economia.

B) divergia da estrutura absolutista. X

C) estabelecia imposições financeiras aos cidadãos.

D) exemplificava um processo democrática.

2 – (H080215I7) Leia o texto e observe a imagem abaixo.

Guerra Peninsular – 1807 a 1814.

AVENTURAS NA HISTÓRIA.

No dia 30 de novembro de 1807, um pequeno tremor de terra sacudiu Lisboa. Os portugueses interpretaram o fenômeno como um mau agouro. De fato, o futuro que se anunciava nada tinha de promissor.

Fazia apenas um dia que a família real havia deixado Portugal rumo ao Brasil, abandonando o povo à própria sorte. Sozinhos, os portugueses enfrentaram fome e crise financeira. E pior: tiveram de lutar por sete anos contra o mais poderoso exército da época – o francês, liderado por Napoleão Bonaparte.

A guerra deixou 250 mil mortos em Portugal. Tudo isso, no entanto, fortaleceu o povo, que conseguiu, além de vencer os franceses com a ajuda britânica, se reorganizar politicamente e trazer de volta seu rei.

Esse texto e essa imagem são fontes relacionadas à construção do conhecimento histórico sobre a

A) corte portuguesa no Brasil. X

B) economia cafeeira no interior do Brasil.

C) escravidão no Brasil.

D) política expansionista portuguesa no Brasil.

3 – (H080120I7) Leia o texto e observe a imagem abaixo.

Pelourinho no Rio de Janeiro no Brasil Império

DEBRET, Jean-Baptiste

Essa imagem destaca, em seu centro, um instrumento público utilizado para castigo físico da população negra escravizada no período Imperial, instrumento que retrata

A) a miscigenação racial dos escravos.

B) a religião cristã durante a escravidão.

C) o crescimento do número de escravos.

D) o poder simbólico da escravidão. X

4 – (G092832I7) Observe o gráfico abaixo.

De acordo com as informações desse gráfico, para o ano de 2040, a previsão é de

A) aumento da taxa de mortalidade infantil.

B) crescimento do número de jovens.

C) diminuição da expectativa de vida ao crescer.

D) redução da taxa de natalidade. X

5 – (G090889F5) Leia o texto abaixo.

Quatro-dois-um. Durante 36 anos, entre 1979 e 2015, esse foi o modelo de família tido como ideal na China. Quatro avós; dois pais; um filho.

Enquanto vigorava a política do filho único, era comum o aborto por gênero.

[…] Quando a primeira gravidez era de menina, frequentemente os pais optavam pela interrupção voluntária da gestação. A preferência por primogênitos meninos está ligada à cultura milenar, baseada nos ensinamentos de Confúcio.

Há 2,5 mil anos, o filósofo chinês estipulava que os homens são o pilar da família e são responsáveis por cuidar dos pais na velhice. As mulheres se dedicam aos maridos. O aborto por gênero levou, naturalmente, ao desequilíbrio na proporção entre homens e mulheres — 30 milhões de chineses a mais do que chinesas. […]

Na tentativa de reverter esse cenário, o governo proibiu os médicos de revelar o sexo do feto aos pais.

https://glo.bo/3fkOP0Y

Com base nesse texto, a grande diferença percentual entre o número de homens e mulheres na China teve relação com a

A) implementação da política do filho único. X

B) maior esperança de vida masculina.

C) migração em massa da mão de obra feminina.

D) ocorrência de conflitos bélicos.

6 – (G092833I7) Leia o texto abaixo.

[…]A globalização, indiscutivelmente proporciona facilidade na vida das pessoas (por exemplo, no comércio, a partir da aquisição de produtos importados mais baratos). Entretanto, uma das grandes desvantagens da globalização é o desemprego. Muitas empresas aprenderam a produzir mais com menos gente e pagando menos […].

Essa nova ordem econômica internacional, principalmente em decorrência do uso das novas tecnologias, reduz os homens ao status de incluídos (cidadãos-servos) de uma economia globalizada e que se flexibiliza ou de excluídos (desempregados, subempregado e até os inempregáveis, que são o que não obtém colocação porque lhes falta conhecimento especializado).

https://bit.ly/3mRNyDO

Com base nesse texto, o aumento do desemprego devido ao processo de globalização tem relação com a

A) concentração espacial da indústria.

B) migração intercontinental de cérebros.

C) redução do consumo mundial.

D) utilização de novas tecnologias. X

7 – (H090402I7) Leia o texto abaixo.

[…] No ano de 1651, Oliver Cromweell instituiu um “Ato de Navegação” onde todas as mercadorias europeias só poderiam chegar ao país em embarcações inglesas ou do seu verdadeiro país de origem. Tal lei acabava incentivando o comércio marítimo britânico e evitava o possível encarecimento de produtos que fossem intermediados pela ação de atravessadores. Já em 1660, um novo ato estabeleceu que o capitão e três quartos de todas as embarcações deveriam ser de origem inglesa.

O triunfo dessas ações econômicas acabou sendo notado pela situação privilegiada que a Inglaterra alcançou já nos séculos XVII e XVIII. O espírito empreendedor, a participação ativa do Estado e a diversificação das atividades econômicas são apenas alguns dos fatores que explicam o fato de os ingleses liderarem o panorama econômico mundial a partir desse período. De fato, a posição de maior economia do mundo só veio a estremecer na primeira metade do século XX, com a eclosão das guerras mundiais.

SOUSA, Rainer Gonçalves

https://bit.ly/3sqbS3d

Com base nesse texto, o “Ato de Navegação” foi uma ação política com o objetivo de

A) desenvolvedor o meio rural inglês.

B) desfavorecer a nobreza europeia.

C) limitar a atuação da burguesia europeia.

D) proteger o funcionamento da economia inglesa. X

8 – (H080285I7) Leia o texto abaixo.

Doutrina Monroe, assim chamada por ter sido criada durante o governo do presidente norte-americano James Monroe, foi anunciada ao Congresso dos Estados Unidos no dia 2 de dezembro de 1823. Teve como objetivo a não interferência dos países europeus nos países americanos e, sob o slogan “América para os Americanos” […]

O “Destino Manifesto” diz respeito à crença comum, principalmente no século XIX e na população dos Estados Unidos, de que os colonizadores americanos teriam uma virtude especial e que deveriam se expandir por toda a América. […]

Tendo em vista esses elementos, o chamado Destino Manifesto se fortaleceu e se complementou com a instituição da Doutrina Monroe, impondo-se como um pressuposto sobre a população norte-americana e sobre os seus líderes. […]

As primeiras e mais evidentes consequências da Doutrina Monroe se encontram no campo da retórica da política internacional dos Estados Unidos. Num momento inicial, o discurso e a resolução que ela trazia de se distanciar dos conflitos europeus e de reivindicar uma América para os americanos tinham impacto maior junto à sua própria população. Funcionava, assim, como elemento de soberania diante do mundo e de coesão política interna. Entretanto, sua finalidade de expansão e de domínio militar, político e econômico sobre todo o continente americano foi se ressaltando ao final do século XIX.

A primeira região alvo da política expansionista dos Estados Unidos foi o Caribe. Entre 1891 e 1912, os estadunidenses realizaram intervenções militares no Haiti, Nicarágua, Porto Rico, Cuba, Venezuela, República Dominicana, Colômbia, Honduras e Guatemala. Fora dessa região, o Chile foi alvo de ação militar em 1891.

MUNDIM, Luiz Felipe Cezar.

Doutrina Monroe: o que era, contexto, objetivos – Brasil Escola (bit.ly)

De acordo com esse texto, a Doutrina Monroe, nos Estados Unidos, no século XIX, inaugurou o processo de

A) dominação do país sobre a América Latina. X

B) emancipação de nações europeias.

C) libertação de povos escravizados por europeus.

D) ocupação indígena na política da América Latina.

9 – (H080124I7) Observe a imagem abaixo.

Pequena mina de carvão em West Virginia (Estados Unidos da América) – 1908

WICKENS, Lewis.

https://bit.ly/31ftHnt

O trabalho retratado nessa imagem intensificou as transformações na vida cotidiana das pessoas entre os séculos XVIII e XX para atender

A) as iniciativas de distribuição igualitária de renda organizadas pelos Estados.

B) as necessidades de produção e de consumo da sociedade capitalista. X

C) os aumentos populacionais nas zonas rurais de vários países e nações do mundo.

D) os privilégios sociais de que dispunham os trabalhadores das indústrias no período.

10 – (G080490F5) Leia o texto abaixo.

Organização dos Estados Americanos

[…] A Organização dos Estados Americanos tem como princípio básico o respeito à soberania e à independência dos países do continente. Os impasses internacionais, envolvendo dois ou mais Estados americanos, deverão ser solucionados de forma pacífica, sendo que a agressão a uma nação americana constitui uma agressão a todos os demais países da organização.

Essa organização tem desenvolvido projetos para garantir a paz e a segurança continental, solucionar problemas políticos e econômicos, discutir ações para promover o desenvolvimento econômico e social, organizar ajuda humanitária em caso de catástrofes, entre outras ações. Para assegurar esses objetivos e princípios, a OEA trabalha abordando aspectos da democracia, direitos humanos, segurança e desenvolvimento. […]

NOVO, Benigno Nuñez.

https://bit.ly/3fvUX5C

De acordo com esse texto, a Organização dos Estados Americanos atua no sentido de

A) eliminar as fronteiras políticas e territoriais entre as nações da América.

B) promover uma cooperação conjunta para desenvolver os países desse continente. X

C) reduzir o isolamento geográfico entre a América do Norte e a América do Sul.

D) socializar os meios de produção para diminuir as diferenças sociais dos países.

11 – (G092834I7) Leia o texto abaixo.

Das 6 mil línguas existentes no mundo, em breve quase metade poderá estar extinta, estima Unesco1. Embora globalização seja um dos fatores negativos, internet pode ajudar na preservação. Por todo o mundo há idiomas ameaçados de extinção. Seja na Alemanha, onde o baixo-sórbio só é falado por 7 mil pessoas; ou na América do Norte, onde só 250 nativos ainda utilizam o cayuga, sua língua materna. Na Austrália, o dalabon é preservado por apenas 11 pessoas – ou talvez menos, já que o último censo data de mais de dez anos. […]

*Vocabulário:

1Unesco: Organização das Nações Unidas para a Educação

https://glo.bo/3HEKnr6

O fenômenos descrito nesse texto é agravado por qual característica da globalização?

A) Difusão instantânea de informações.

B) Expansão de multinacionais.

C) Formação de blocos econômicos.

D) Uniformização das culturas. X

12 – (G080149I7) Observe o gráfico abaixo.

https://bit.ly/3d7XiEp

De acordo com esse gráfico, a América Latina e o Caribe apresentam uma

A) desaceleração do crescimento demográfico entre o período de 1950 e 2070. X

B) diminuição brusca das taxas de natalidade e mortalidade na fase de transição inicial.

C) projeção de aumento das taxas de natalidade ao longo do período apresentado.

D) redução na expectativa de vida da população durante o período de 1950 e 2100.

13 – (H080230I7) Observe a imagem abaixo.

Primeira Revolução Industrial

BRASIL ESCOLA.

https://bit.ly/3tHJ1pj

Essa imagem exemplifica a organização do modo de produção

A) capitalista. X

B) escravista.

C) feudal.

D) socialista.

14 – (H080327I7) Leia o texto abaixo.

A Conjuração Baiana de 1798

A Conjuração Baiana foi resultado da insatisfação das elites com o governo metropolitano que prejudicava as atividades econômicas dessa classe. Além disso, na cidade de Salvador do final do século XVIII, a fome era um problema que afetava a qualidade de vida de todos. A falta de alimentos fazia com que os produtos disponíveis no mercado fossem vendidos a valores altíssimos. Certos itens – como a carne – estavam excluídos da mesa da população local. […]

A Conjuração Baiana, assim como a Inconfidência Mineira, também teve inspiração nos ideais iluministas que eram propagados naquele período. […]

SILVA, Daniel Neves.

https://bit.ly/3Bpsjyc

De acordo com esse texto, a Conjuração Baiana teve como uma de suas motivações a

A) demanda das elites pela ampliação das regulamentações mercantilistas.

B) dificuldade de comerciantes ricos em reajustar preços de mercadorias.

C) instabilidade econômica de diferentes classes sociais. X

D) possibilidade de integração entre classes sociais.

15 – (H080386F5) Leia o texto abaixo.

[…] O surgimento dos direitos civis está vinculado às revoluções burguesas na Europa do século 18. Elas tiraram a força das monarquias absolutistas e romperam com a sociedade hierarquizada do período pré-moderno. No absolutismo monárquico, a autoridade política (o rei) detinha o poder com base em privilégios sociais (nobreza hereditária) […]

CANCIAN, Renato.

https://goo.gl/k9LrFJ

Esse texto mostra que as Revoluções Burguesas contribuíram para a

A) concentração de benefícios.

B) construção de cidadania. X

C) desigualdade de classe.

D) divulgação das ideias conservadoras.

16 – (G092831I7) Leia o texto abaixo.

[…] Por ser uma organização não governamental, o Instituto Arara Azul tem como principal finalidade, a promoção da conservação ambiental. O Instituto vem desenvolvendo projetos, de proteção ambiental; como o Projeto Arara Azul, desenvolvido há quase 30 anos no Pantanal, mantendo as populações viáveis de araras azuis (Anodorhynchus hyacinthinus), a médio e longo prazo em vida livre no seu ambiente natural. […]

https://bit.ly/3pYvuK0

Com base nesse texto, as ações promovidas pelo Projeto Arara Azul contribuem para a

A) comercialização de animais silvestres.

B) manutenção da biodiversidade. X

C) promoção do turismo predatório.

D) recuperação de áreas florestais.

17 – (G092835I7) Leia o texto abaixo.

[…] Após a Segunda Guerra Mundial, grandes incorporações empresariais, oriundas de países desenvolvidos econômica e industrialmente, iniciaram um abrangente processo de dispersão internacional produtivo, ou seja, instalaram filiais de fábricas, indústrias e demais atividades econômicas em diferentes países. A maioria dessas empresas é oriunda, sobretudo, dos Estados Unidos, Japão e de uma parcela de países da Europa. […]

Com base nesse texto, a dispersão da produção, intensificada pela globalização, teve como consequência para os países subdesenvolvidos a

A) criação de novos postos de trabalho. X

B) independência tecnológica.

C) melhoria das condições ambientais.

D) valorização da mão de obra local.

https://bit.ly/3qOfrOl

18 – (G090412F5) Observe o gráfico abaixo.

https://goo.gl/ZMYyqh

De acordo com esse gráfico, Portugal apresenta uma situação de

A) bônus demográfico, representada pelo alto número de nascimentos.

B) declínio demográfico, relacionada à diminuição da taxa de natalidade. X

C) estabilidade demográfica, devido ao elevado número de mortalidade.

D) transição demográfica, marcada pelo aumento do número de jovens.

19 – (H080389F5) Leia o texto abaixo.

[…] o líder do Poder Executivo é o Presidente da República, que tem o papel de chefe de Estado e de governo. […] tem o dever de sustentar a integridade e a independência do Brasil, apresentar um plano de governo com programas prioritários, projeto de lei de diretrizes orçamentárias e as propostas de orçamento. Cabe ao Poder Executivo executar as leis elaboradas pelo Poder Legislativo, mas o Presidente da República também pode iniciar esse processo. […]

De acordo com esse texto, o Poder Executivo

A) fiscaliza o trabalho dos demais poderes existentes.

B) necessita de auxílio estrangeiro.

C) reparte a soberania nacional.

D) trabalha em mecanismos de administração do país. X

https://goo.gl/QJirP7

20 – (H070286I7) Leia o texto abaixo.

Brasil Colônia

Com a tomada de Constantinopla e também com as ameaças das pretensões de colonização francesa nos territórios do sul da América, Portugal iniciou, a partir de 1530, missões específicas com o objetivo de demarcar seu território e instalar uma administração colonial. Martim Afonso de Souza foi o responsável pela primeira expedição nesse sentido.

Em 1534, houve a tentativa da transplantar o sistema de capitanias hereditárias, que, na época, era adotado na pequena Ilha de Madeira, a sudeste da costa portuguesa. Assim, o território brasileiro foi dividido em 14 capitanias, que, por sua vez, dividiam-se entre membros da nobreza de confiança do rei português D. João III.

QUEIROZ, Túlio.

https://bit.ly/3sZ57SM

Esse texto retrata parte de qual processo da história do Brasil?

A) A abertura das fronteiras para exploração.

B) A ocupação oficial das terras. X

C) O cultivo da cana-de-açúcar.

D) O descobrimento de ouro.

21 – (H070349I7) Leia o texto e observe a imagem abaixo.

Conquista do Novo Mundo: o encontro de Hernán Cortés com os Astecas

[…] Há 500 anos, Cortés chegava a Tenochtitlán. E era então recebido pelo imperador Montezuma. Algumas versões contam sobre uma coincidência da profecia asteca: o imperador tinha em mente que o ano de 1519 marcaria a volta do deus Quetzalcóatl, que retornaria do mar para reivindicar seu trono. A divindade, descrita com pele branca e barba preta, não teria gerado dúvidas em Montezuma de que Cortés figurava o tão esperado deus.

Contudo, a professora e doutora em História da Universidade de Barcelona, Espanha, Natalia Moragas, conta que há muitas versões que ainda não são claras sobre essa ritualidade. “A imagem de um Montezuma supersticioso e temeroso não corresponde com a realidade. Muitas histórias das conquistas foram criadas para legitimar e maravilhar os feitos políticos e militares de Hernán Cortés”, justifica. […]

URBINATTI, Otávio.

https://bit.ly/3k25w5r

Encontro de Cortés e Montezuma, de Edward R. Shaw

AVENTURAS NA HISTÓRIA

https://bit.ly/3Ec1XBE

Com base nesse texto e nessa imagem, o contato entre Hernán Cortés e Montezuma representa o encontro de

A) civilizações com práticas econômicas e diplomáticas semelhantes.

B) grupos que cooperaram para que ambos atingissem o desenvolvimento social.

C) organizações politeístas subjugadas por um Estado autoproclamado superior. X

D) populações que derivavam de uma mesma formação étnica.

22 – (H090046I7) Leia o texto abaixo.

Cálice

[…]

Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

Como beber dessa bebida amarga
Tragar a dor, engolir a labuta
Mesmo calada a boca, resta o peito
Silêncio na cidade não se escuta […]

Como é difícil acordar calado
Se na calada da noite eu me dano
Quero lançar um grito desumano
Que é uma maneira de ser escutado

[…]

BUARQUE, Chico.

https://bit.ly/2NdlRTd

Com base na análise dessa letra de música, a Ditadura Civil Militar no Brasil é caracterizada

A) pela democratização das eleições.

B) pela repressão à liberdade de expressão. X

C) pelo controle do povo sobre o governo.

D) pelo respeito às práticas políticas socialistas.

23 – (G090430F5) Observe o mapa abaixo.

http://migre.me/wa3ce

De acordo com esse mapa, em qual direção a placa de número 5 está se movendo?

A) Leste.

B) Norte.

C) Oeste. X

D) Sul.

24 – (G090871F5) Leia o texto abaixo.

[…] Reprodução tridimensional, em miniatura, de um projeto arquitetônico. […] As maquetes são geralmente utilizadas em projetos de planejamento urbano mostrando o visual de novas construções no contexto da área existente. […]

[…] As maquetes podem ser feitas com uma grande diversidade de materiais, incluindo plásticos, metais, madeira e um material próprio chamado cartão de maquete. Em diversos lugares há museus com exposições de maquetes. São excelentes para representar edifícios e ótimo para usar na arquitetura. Podem ser representações realistas ou virtuais, como maquete física e maquete eletrônica. […]

PINHAL, Paulo.

https://bit.ly/2KmI4OZ

Esse texto descreve qual tipo de representação cartográfica?

A) Carta topográfica.

B) Croqui.

C) Globo terrestre.

D) Maquete. X

25 – (G080057I7) Leia o texto abaixo.

População da África

[…] Existem vários grupos étnicos na África. Cerca de 80% da população é formada por diferentes povos negros, que ocupam, principalmente, as regiões central e sul do continente (ao sul do deserto do Saara). Esta região é conhecida como “África Negra”. Os principais grupos étnicos africanos que habitam esta região são: bantos, sudaneses, bosquímanos, pigmeus, nilóticos.

Já os brancos (berberes, árabes e caucasianos) habitam, principalmente, a região setentrional do continente, ao norte do Deserto do Saara. Por isso essa região é conhecida como “África branca”. […]

https://bit.ly/32RgCzY

Com base nesse texto, conclui-se que o continente africano é marcado pela

A) baixa desigualdade social.

B) expansão urbana planejada.

C) expressiva diversidade cultural. X

D) pequena quantidade de habitantes.

26 – (G070280F5) Observe o mapa abaixo.

https://bit.ly/2T5mQbN

Esse mapa retrata o mundo a partir da projeção de Peters que tem como objetivo a

A) consolidação dos ideais eurocêntricos por meio da centralização do continente europeu em suas representações.

B) demonstração do fracasso socialista através da redução dos territórios dos países que adotaram esse sistema.

C) representação do mundo multipolar através de uma homogeneidade no tamanho dos territórios.

D) valorização dos países subdesenvolvidos por meio da ampliação de seus territórios em relação aos países desenvolvidos. X

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.