Lobo-guará

O lobo-guará, também conhecido como lobo-vermelho, aguará e aguaraçu, é o maior canídeo da América do Sul. Este mamífero destaca-se pelos seus membros longos e finos e pela cor do seu pêlo, que são avermelhados-alaranjados sobre grande parte do seu corpo.

O lobo-guará tem um hábito de vida solitário, sendo encontrado a formar casais apenas durante a época reprodutiva e durante os cuidados parentais. Tem uma grande importância ecológica, sendo um importante dispersor de sementes. Importante símbolo do Cerrado, esta espécie sofre hoje em dia com a destruição do seu habitat.

O nome científico do lobo-guará é Chrysocyon brachyurus. Ver a classificação biológica completa deste animal:

Reino: Animalia

Filo: Cordata

Classe: Mammalia

Ordem: Carnivora

Família: Canidae

Género: Chrysocyon

Espécie: Chrysocyon brachyurus (Illiger, 1815)

O lobo-guará é um canídeo que tem entre 95 cm e 115 cm de comprimento, cerca de um metro de altura, com uma cauda entre 38 cm e 50 cm e pesando entre 20 kg e 30 kg. Devido a estas características, este animal é considerado o maior canídeo da América do Sul. Para além do seu tamanho, o lobo-guará destaca-se pelas suas patas longas e delgadas, que o ajudam a deslocar-se e a visualizar o ambiente em locais com mais vegetação alto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.