Correção dos Planos de Estudos Tutorados – PET 2 – Semana 1, 2, 3, 4, 5 e 6 – 9ºano – Geografia

SEMANA 1

TEMA: América e África: geopolítica e relações internacionais Caro (a) estudante, nesta semana ,você vai estudar alguns conceitos-chave para o entendimento da conjuntura geopolítica atual, bem como identificar a situação e a organização espacial do continente Americano e Africano.
RECAPITULANDO
Os conceitos de Estado e de nação são comumente utilizados como sinônimos, mas na verdade, têm significados distintos. Estado representa o conjunto de instituições que controlam e administram, com soberania, determinado território. A nação refere-se às ideias de pertencimento e sentimento em comum compartilhados por um povo: cultura, hábitos, história, língua etc., ou seja, uma identidade própria. Dessa forma, é possível a existência de uma nação sem que ela tenha um território definido. Já o Estado-nação, por sua vez, é um conceito que alia as duas definições: é caracterizado por um território onde vive um povo com identidade em comum e cujo governo é soberano, podemos afirmar que o Brasil é um Estado-nação.

Disponível em: https://www.domfeliciano.rs.gov.br/.

CONTINENTE AMERICANO – Com extensão territorial de 42,2 milhões de Km², o continente é o segun do maior do mundo e possui países que compartilham um passado colonial que lhes conferiu grande diversidade cultural. O extenso continente é regionalizado, ou seja, organizado em regiões que apresentam características semelhantes quanto à localização geográfica, e ainda, quanto à colonização.

Considerando o critério geográfico, o continente foi dividido em três porções: América do Norte, América Central e América do Sul. Tomando como critério de regionalização o tipo de colonização temos o continente dividido em duas porções: América Anglo-saxônica e América Latina.

CONTINENTE AFRICANO – Com extensão territorial de 30,4 milhões de km2 , o continente é o terceiro maior do mundo, e possui em seu território marcas deixadas pela política imperialista que na segunda metade do século XIX, no contexto de expansão do capitalismo industrial europeu levou a divisão dos territórios africanos sem respeitar as diferenças étnico-culturais dos povos gerando conflitos. O continente apresenta duas regionalizações, a primeira considera aspectos históricos e culturais e divide o continente em dois – Norte da África (países próximos ao Mar Mediterrâneo) e África Subsaariana (compreendida por países localizados ao Sul do Deserto do Saara). A outra forma de regionalizar o continente foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas – ONU considerando os critérios de localização, cultura e economia. Então o continente foi dividido em cinco regiões: África Setentrional; África Ocidental; África Central; África Oriental e África Meridional.

Saiba mais…
Para relembrar sobre a regionalização do continente Americano, assista a videoaula que tem como tema O continente americano – aspectos gerais, para isso acesse o link: . Acesso em: 21 fev. 2021.
Para relembrar sobre a regionalização do continente Africano, assista a videoaula que tem como tema O Território Africano, para isso acesse o link: . Acesso em: 21 fev. 2021.

O vídeo “Símbolos Religiosos: origens e significados” conta sobre a origem de vários símbolos.
Disponível em: https://youtu.be/SLy4mWJiAxs. Acesso em: 28 jan. 2021.

ATIVIDADE

  1. Observe os mapas.

a) Elabore um título para o mapa 1 e 2 considerando o tipo de regionalização representado, e em seguida descreva o critério adotado para realização da regionalização.
MAPA 1 –

MAPA 2 –

b) O Brasil está localizado em qual região em cada uma das regionalizações?

 

  1. Uma das formas de regionalizar a América é a partir de critérios relacionados à colonização. Dessa forma, temos a América Anglo-saxônica (porção colonizada principalmente pela Inglaterra) e a América Latina (porção colonizada por Espanha e Portugal). Quais os reflexos da colonização podem ser observados nos países da América, considerando características econômicas e culturais?
  2. Observe o mapa do continente Africano.

Disponível em:< https://suportegeografico77.blogspot.com/africa-regioes>. Acesso em: 21 fev. 2021.

a) Qual o critério utilizado para regionalizar o território africano o mapa representa?

b) Dê um título ao mapa:


c) Qual a outra forma de regionalizar o continente africano? Em quantas e em quais partes ele fica dividido?

  1. Observe a imagem.

Qual momento histórico vivenciado pelo continente africa no ela retrata? Cite duas consequências desse fenômeno observadas até os dias atuais.

GABARITO

ATIVIDADE 1
a) – MAPA 1- Divisão Física
Divide o continente americano conforme as características naturais da América, como o formato do continente. Se observarmos a América, temos duas grandes porções de terras (América do Norte e América do Sul), interligadas por uma terceira porção estreita de terra (América Central). Outro aspecto interessante dessa divisão é que cada uma das três regiões está sobre uma placa tectônica diferente.MAPA 2 – Divisão Sócio-econômica Divide a América conforme suas características históricas e econômicas. De um lado, a América Anglosaxônica, a região mais desenvolvida econômica e socialmente. De outro, a América Latina, região com os piores níveis de desenvolvimento. Essa diferença entre as regiões teria se iniciado ainda quando o território americano eram colônias europeias. A América Anglo-Saxônica era, predominantemente colônia de povoamento, enquanto a América Latina colônia de exploração.

b) Na América do Sul de acordo com o mapa 1 e América Latina de acordo com o mapa 2.

ATIVIDADE 2 – Podemos dizer que a América Anglo Saxônica é mais desenvolvida economicamente e socialmente do que a América Latina.

ATIVIDADE 3
a) Essa divisão tem como critérios aspectos geográficos, de localização, além de aspectos culturais e econômicos. É muito comum que as pessoas não saibam diferenciar os diferentes países do continente africano ou que considerem a cultura africana uma unidade comum e sem grandes variações geográficas. No entanto, a África é uma área de grande diversidade cultural, social, política e natural. Para compreender melhor essas especificidades e as semelhanças e diferenças dentro do continente africano, podemos utilizar as divisões regionais observadas no mapa acima.
b) Pessoal.
c) África Setentrional e África Subsaariana
ATIVIDADE 4 – O imperialismo, onde potencias europeias invadiram e exploraram o território africano em um passado recente.

SEMANA 2

TEMA: As relações entre países e as principais organizações internacionais

Caro (a) estudante, nesta semana, você vai reconhecer algumas organizações mundiais como a Organização das Nações Unidas (ONU), bem como analisar o seu papel na integração cultural e econômica na América e na África.
RECAPITULANDO

No pós-Segunda Guerra mundial, os países vencedores, criaram organizações multilaterais, fundamen tadas em valores como a manutenção da paz, a proteção ao meio ambiente e o respeito aos direitos humanos. Acordos multilaterais envolvem três ou mais Estados, geralmente, os acordos se caracterizam pela obrigatoriedade de adesão às regras por todos os participantes.
A Organização das Nações Unidas – ONU foi criada em 1945, após a Segunda Guerra Mundial, com o principal objetivo de manter a paz e a segurança internacionais. Além de seus órgãos principais, a ONU é formada por programas, fundos e agências especializadas, com escritórios próprios que atuam de forma interligada. A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) é um deles e tem como objetivo atuar na preservação do patrimônio histórico e cultural dos países. Conheça alguns dos principais Programas, Agências e Órgão da ONU:

 

ÓRGÃO FUNÇÃO

FAO – Organização das Nações

Unidas para Alimentação e Agricultura.

Atua no combate à fome e à pobreza, no desenvolvimento agrícola, na garantia à segurança alimentar e no aproveitamento sustentável dos recursos naturais do planeta.

OMS – Organização Mundial da Saúde.

Atua nas questões relacionadas à saúde da população mundial.

PNUMA- Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Promove a conservação do meio ambiente e o uso eficiente de seus recursos.

UNICEF – Fundo das Nações
Unidas para a Infância.

Promove a defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes.
Disponível em: https://www.un.org/es. Acesso em: 21 fev. 2021.
Na América, por exemplo, algumas organizações se destacam por implementar projetos e programas intergovernamentais capazes de difundir aspectos e elementos culturais entre os países do continente. Entre elas, destacam-se a Organização dos Estados Americanos (OEA), a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e a Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (Cepal).

Esses projetos e programas têm caráter de propagar idiomas, facilitar o intercâmbio de pessoas, difundir livros, produções acadêmicas, cinematográficas e televisivas, músicas e festas populares típicas, etc. Além disso, possuem o importante papel de atuar na cooperação multilateral ou bilateral nos cam pos da educação, da ciência e da tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social dos países americanos. Cabe ressaltar que a ONU realiza vários programas nos países africanos.

Saiba mais…
No site brasileiro da Organização das Nações Unidas – ONU, você encontra informações sobre o que a organização e seus programas e agências realizam no Brasil e no mundo. Para conhecer as ações acesse o site: https://brasil.un.org/. Acesso em: 21 fev. 2021.

ATIVIDADE

  1. Sobre a Organização das Nações Unidas – ONU, responda:
    a) Em que contexto a ONU foi criada?

b) Qual o principal objetivo da criação da ONU?

  1. Leia o texto e responda:
    ONU ajuda 16 mil pequenos produtores na África a fornecer alimentos para as escolas

O Programa de Aquisição de Alimentos para a África — PAA África — já beneficiou cerca de 16 mil pequenos agricultores e mais de 37,1 mil alunos na Etiópia, Malauí, Moçambique, Níger e Senegal, desde a sua criação, em 2012. A iniciativa, que combina as demandas de iniciativas de alimentação escolar à oferta da agricultura familiar, é tema de um novo estudo do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG). A iniciativa é fruto de uma parceria entre os governos do Brasil e Reino Unido com o Programa Mundial
de Alimentos (PMA) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). A maioria dos países participantes introduziu alimentos ricos em proteínas nos cardápios escolares, como legumes, frutas e verduras frescas, embora alguns tenham as compras institucionais restritas a algumas commodities, como o Senegal, onde o PAA adquire apenas arroz da agricultura local.

Disponível em: . Acesso em: 21 fev. 2021.

a) Qual a importância do projeto PAA África?

b) Quais organizações mundiais estão envolvidas nesse projeto?

  1. A ONU e seus parceiros no Brasil estão trabalhando para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. São 17 objetivos ambiciosos e interconectados que abordam os principais desafios de desenvolvimento enfrentados por pessoas no Brasil e no mundo.

O objetivo número 11 – busca alcançar cidades e comunidades mais sustentáveis. Cite uma estratégia que possa contribuir para alcançarmos esse objetivo.

GABARITO

ATIVIDADE 1
a) Durante a Guerra Fria, logo após a Segunda Guerra Mundial.
b) Manter a paz no mundo, evitando novos conflitos entre países.
ATIVIDADE 2
a) Já beneficiou cerca de 16 mil pequenos agricultores e mais de 37,1 mil alunos na Etiópia, Malauí, Moçambique, Níger e Senegal, desde a sua criação, em 2012.
b) A iniciativa é fruto de uma parceria entre os governos do Brasil e Reino Unido com o Programa Mundial de Alimentos (PMA) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).
ATIVIDADE 3 – Cidades que possuem usinas de reciclagem de lixo, estações de tratamento de esgoto industrial e doméstico, fontes de energia limpa, etc.

SEMANA 3

TEMA: Impactos da ciência e da tecnologia nas relações econômicas e de trabalho na América e na África.

Caro (a) estudante, nesta semana, você vai analisar como os avanços científicos e tecnológicos influen ciaram nas atividades econômicas realizadas nos continentes Americano e Africano, além de reconhecer seus impactos nas relações de trabalho.

RECAPITULANDO
Após a segunda metade do século XX, iniciou-se a Terceira Revolução Industrial, também chamada de Revolução Técnico-Científico-Informacional. Esse período abrange o surgimento e a difusão de novas tecnologias e novos modelos de produção, além de mudanças políticas, econômicas e sociais que decorreram desse processo. Meio técnico-científico-informacional é uma classificação que compreende o conjunto de processos de produção e organização do espaço geográfico, bem como as relações que o ser humano estabelece nele e com ele. A Revolução Técnico-Científico-Informacional teve diversas implicações espaciais. Com o desenvolvimento dos meios de transporte e de comunicação, algumas empresas, originadas nos países que se beneficiaram desse processo, passaram a se deslocar para outros. Elas são chamadas de empresas transnacionais e buscam aproveitar melhor os fatores locacionais fornecidos pelos lugares em que se alocam. Ou seja, buscam aproveitar melhor as vantagens produtivas de cada região para aumentar os seus lucros, reduzindo os custos de produção. Em geral, as empresas transnacionais procuram mão de obra abundante e barata, legislações trabalhistas e ambientais mais flexíveis, reservas de recursos naturais (matéria-prima), incentivos fiscais, infraestrutura de transporte e energia e um mercado consumidor amplo e/ou com alto poder aquisitivo. No continente americano temos dois países, EUA e Canadá que são países de elevado desenvolvimento econômico, pois são mais industrializados e utilizam tecnologia de ponta. Já os países da América Latina são bastante dependentes do capital e da tecnologia provenientes, principalmente, de empresas transnacionais sediadas na América Anglo-Saxônica. Na maioria dos países , predominam as indústrias têxteis, de alimentos e bebidas, que empregam baixa tecnologia no processo produtivo e mão de obra barata e pouco qualificada. Na agropecuária a países latinos produzem para a exportação geralmente em extensas propriedades monocultoras. A partir da década de 1970, o desenvolvimento e a implantação de novas tecnologias na indústria, além da concentração de terras e da modernização do campo favoreceram a urbanização e o crescimento do setor terciário. Atualmente, o setor terciário compõe parte expressiva da economia de países ricos e pobres, ocupando a maior parte da população economicamente ativa.

No continente africano a situação é bem semelhante aos países da América Latina, porém cabe ressaltar que 60% da população do continente africano trabalha em atividades agropecuárias, tanto voltadas para o abastecimento interno, quanto para a exportação. Outra atividade econômica significativa é o extrativismo mineral, principalmente de petróleo, ferro, diamante, fosfato e ouro, responsável pela geração de riqueza em muitos países, mas também ocasiona diversos conflitos.

Saiba mais…
Para analisar as projeções de crescimento econômico para América Latina e Caribe, assista ao
vídeo: América Latina e Caribe: período de 2014-2020 será o de menor crescimento em 70 anos ,
disponível em: https://news.un.org/pt/story/2019/12/1697771. Acesso em: 12 jan. 2021.

ATIVIDADE

  1. Observe a tabela e responda:

PARTICIPAÇÃO DOS SETORES DA ECONOMIA NO PIB, EM (%) – 2016 – ALGUNS PAÍSES DA AMÉRICA LATINA

PAÍS AGRICULTURA INDÚSTRIA SERVIÇOS
Brasil 5,8 20,9 73,3
Argentina 10,6 28,3 61,1
Chile 4,3 31,3 64,4
Bolívia 13,4 38,5 53,8
Paraguai 20,0 30,3 49,7
Peru 7,6 34,7 57,7

Disponível em: www.cia.gov/librarypublications. Acesso em: 12 jan. 2021.
a) Na tabela quais os países da América Latina que apresentam maior desenvolvimento? Explique.


b) Na tabela mesmo os países com expressiva contribuição da agricultura no PIB apresentam elevada participação do setor de serviços. Cite um motivo que justifique esse fato.

  1. A partir dos seus conhecimentos sobre as empresas transnacionais e a Terceira Revolução Industrial, avalie os efeitos positivos e negativos causados pela instalação dessas empresas em países da América Latina e África.
  2. Observe a imagem e responda:

Disponível em:< https://geocaieiras.wordpress.com/africa/>. Acesso em: 21 fev. 2021.

a) Quais recursos naturais estão sendo extraídos do continente Africano?

b) O que a imagem nos permite inferir sobre o papel do continente africano no cenário mundial?

GABARITO

ATIVIDADE 1
a) Brasil, Argentina e Chile, que apresentam índices mais elevados em serviços e indústrias.
b) Agricultura depende de vários serviços, como os meios de transporte e comércio.
ATIVIDADE 2 – Positivos: geração de emprego, impostos e investimentos. Negativos: exploração de recursos, mão de obra, poluição.
ATIVIDADE 3
a) Minério
b) Que o continente teve seus recursos explorados pela Europa e América do Norte.

SEMANA 4

TEMA: Problemas socioambientais na América e na África
Caro (a) estudante, nessa semana você vai analisar alguns problemas socioambientais que assolam as populações dos continentes Americano e Africano, e identificar algumas possibilidades de redução desses problemas.
RECAPITULANDO

Os continentes Afriacano e Americano enfrentam significativos problemas socioambientais, ocasio nados principalmente pela concentração da riqueza, ou seja, pelas desigualdades sociais. Na África, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e a ONU Meio Ambiente 23% das mortes estão ligadas ao meio ambiente. Este é o valor mais alto per capita para qualquer região do mundo. As agências explicam que “o continente tem sido atormentado por problemas relacionados ao acesso à água potável, saneamento desadequado, infraestrutura deficiente, poluição e novas ameaças ambientais, incluindo mudança climática e urbanização rápida e não planejada”.

Na América Latina e no Caribe a fome, a desnutrição, a falta de micronutrientes, o sobrepeso e a obe sidade têm maior impacto sobre as pessoas com baixa renda, mulheres, povos indígenas, afrodescendentes e famílias rurais. De acordo com a FAO, a OPAS, a UNICEF e o PMA, na América Latina, 8,4% das mulheres vivem em insegurança alimentar grave, em comparação com 6,9% dos homens, enquanto as populações indígenas sofrem insegurança alimentar maior do que as pessoas não-indígenas. O Panorama indica que uma das principais causas do aumento da desnutrição em grupos populacionais vulneráveis são as mudanças que os sistemas alimentares da região sofreram o ciclo da alimentação desde a produção até o consumo. Essas mudanças afetaram toda a população, mas os membros mais excluídos da sociedade sofreram os piores efeitos; enquanto muitos aumentaram o consumo de alimentos saudáveis, como leite e carne, muitas vezes precisam optar por produtos baratos com alto teor de gordura, açúcar e sal.


Saiba mais…
Para saber mais sobre os problemas socioambientais sofridos pelas populações vulneráveis da América e da África acesse o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=btqNI941Fc4, Fome aguda afeta 113 milhões de pessoas no mundo, diz relatório da ONU.

ATIVIDADE

  1. Observe o mapa e responda: Mapa mundi da fome

Legenda:
Azul – menor que 5% da população – baixa situação de subalimentação
Amarela – entre 5 até 14,9% da população – moderada situação de subalimentação
Laranja – entre 15 até 24,9% da população – moderada alta situação de subalimentação
Vermelho entre 25 até 34,9% da população – alta situação de subalimentação
Marron – mais de 35% da população – muito alta situação de subalimentação

Disponível em: https://novaescola.org.br/plano-de-aula/. Acesso em: 21 fev. 2021.

 

a) Qual a realidade da maioria dos países africanos no Mapa Mundi da Fome? Cite um motivo natural e outro econômico que explicam a situação observada.

b) No continente americano quais os países mais vulneráveis às situações de fome e desnutrição?Explique.

c) Leia a afirmativa:
Um estudo publicado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) no dia 29 de abril de 2016 mostrou que a produção mundial de alimentos é suficiente para suprir a demanda das 7,3 bilhões de pessoas que habitam a Terra. Apesar disso, aproximadamente uma em cada nove dessas pessoas ainda vive a realidade da fome. Disponível em: . Acesso em: 21 fev. 2021.

Na sua opinião, o que poderia ser feito para reduzir a fome no mundo?

 

  1. Observe o gráfico. Comida não consumida a cada ano

Disponível em: https://www.fao.org/publications/sofi. Acesso em: 21 fev. 2021.
a) Você já presenciou desperdício de alimentos em sua vida cotidiana na escola, em casa, em estabelecimentos comerciais? Crie estratégia para ser compartilhada que permita a redução do desperdício (pode ser um desenho, texto, frase).

b) Por que o desperdício tende a ser maior em países ricos/

GABARITO

ATIVIDADE 1
a) Muitos países enfrentam problemas relacionados a fome. Isso pode ser explicado pelas condições naturais de alguns lugares, onde a chuva é escassa e o solo pobre, e também por terem sido explorados em um passado recente.
b) Países que se situam ao norte da América do Sul, como Peru, Venezuela e Colômbia,
subdesenvolvidos que possuem problemas sociais e econômicos.
c) Pessoal.
ATIVIDADE 2
a) Pessoal
b) Talvez porque aquilo que temos sobrando, não valorizamos. Podemos citar também a facilidade de acesso a essas mercadorias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.